Outsourcing – um processo de terceirizar um serviço para uma equipe especializada – é uma estratégia de negócios que começou a ficar popular no começo da década de 90, com o intuito de diminuir custos de mão de obra e atender um mercado cada vez mais globalizado e competitivo. Desde então, empresas vem adotando equipes terceirizadas para atender diversos campos de especialidade e otimizar seus processos.

Em todo o mundo, 72% das estratégias de outsourcing envolvem a área de Tecnologia, com mais empresas adotando esse novo método a cada ano a medida que o escopo de seus negócios aumenta e pontos críticos dependem de uma visão já especializada no assunto. Dentre as diversas vantagens, algumas incluem baixos custos, melhoria na performance e uma excelente vantagem competitiva.

Uma equipe especializada e dedicada que partilha a visão estratégica do projeto

Com as necessidades do setor de TI crescendo, muitas vezes a equipe de gerenciamento se encontra na necessidade de contratar um profissional para atender demandas, porém os recursos gastos em recrutamento, seleção e treinamento prejudicam a entrega do projeto e poderiam ser melhores investidos em setores que requerem uma atenção maior. Além disso, um profissional recém contratado pode não possuir um vínculo direto com o projeto, muito menos a visão necessária para fazê-lo crescer, e caso o profissional saia da empresa durante os processos, os prejuízos podem ser inúmeros.

Com Outsourcing, no entanto, o caso é diferente. A equipe terceirizada assume desde o início um compromisso com o projeto, melhorando o foco nos recursos e flexibilidade na demanda. Além disso, um, ou mais, desenvolvedor fica vinculado ao projeto, ajudando a equipe de gerenciamento nas áreas de maior necessidade enquanto conta com seu próprio time para apoio e suporte em diversas áreas. Melhor ainda, com uma equipe de desenvolvimento que adota a metodologia ágil, todos os processos são realizados de maneira otimizada e com foco nos melhores resultados.

Flexibilidade, eficiência e baixos custos

Quando se gerencia um negócio, é importante sempre ter controle dos gastos e o Outsourcing é uma estratégia perfeita que se adapta conforme as necessidades do projeto. Além da economia em longos processos de RH, as contratações de uma equipe terceirizada são sempre escaláveis e se adequam a todos os tipos de negócio, o que proporciona uma flexibilidade vital para a empresa estar um passo à frente no cenário competitivo. Nesse caso, um desenvolvedor de TI atenderá pontos críticos e sempre terá a oportunidade de escalar para o restante de sua equipe conforme o crescimento do projeto. (FALAR SOBRE TER GESTORES ESPECIALIZADOS A BAIXOS CUSTOS)

Outro grande ponto, é lembrar que o escopo nunca é final, e portanto é natural que pendências surgem em áreas que não foram previstas no início. Uma equipe de outsourcing é preparada para esses cenários de evolução e apresentará profissionais capacitados para cada uma das áreas que exigem prioridade, além de oferecer consultoria e suporte para tomadas de decisão e direcionamento de recursos. Isso cria uma adaptabilidade para o projeto vital para uma progressão saudável, uma vez que todos da equipe partilham da visão e os riscos envolvidos.

Início rápido e diminuição de risco

Com o profissional capacitado e a equipe como suporte gestão técnica, o início do desenvolvimento do projeto é bem mais rápido e eficiente, e portanto a produtividade aumenta. A carga de horas é administrada internamente pelos gestores bem como os processos e metodologia interna, enquanto a base do contrato garante um orçamento sólido e viável que diminui o risco e facilita o gerenciamento financeiro do projeto. Além disso, desde o início da plataforma os desenvolvedores começam a focar sempre na melhoria experiência de usuário (UX e UI), baseado em conhecimentos aplicados em campo e a prazos mais curtos do que uma equipe in house.

Em geral, contratar uma equipe Outsourcing ajuda a diminuir os custos e salva tempo em processos administrativos de contratação, além de possibilitar o acesso a profissionais capacitados que partilham a visão do negócio – um complemento muito importante para se ter uma vantagem competitiva no projeto. A parte contratual garante orçamentos realistas e prazos mais acessíveis enquanto que possibilita a escalabilidade em qualquer etapa do negócio e prevê campos inusitados que requerem atenção crítica e rápida tomada de decisão. Os diversos benefícios em muito superam a preocupação de estratégias ultrapassadas, se tornando uma tendência para indústrias de todo o mundo.

Gostou? Confira mais artigos do nosso blog!